Sábado, 24 de junho começou com sol em Duque de Caxias e cedo, a turma já estava carregando o material par a montagem das Pistas.


Gustavo e Claudius carregando os materiais para as pistas

Os DSOs que montaram as pistas e arbitraram foram:                       

Mergulhão; Trotti; Sanches; Magno; Leonan; Diego; Pepito e Gustavo. Além dos Gustavo, Beto, Mergulhinha e Márcio.

Éramos doze atiradores e fomos divididos em quatro Squads para as seis pistas.

Assim a competição, que começou a chover logo na minha vez de atirar na Pista 1, terminou com sol por volta das 13:30 horas.

Uma competição de Tiro Defensivo começa de véspera, com a montagem das Pistas.

Nesta competição de nível III que serve de Seletiva para o Campeonato Brasileiro na AMAN em Setembro, teremos 7 pistas e 90 disparos mínimos.

São os próprios DSO (árbitros do IDSC) que montam as pistas, desenhadas pelo Pepito (JF Palomanes) aqui no Estado do Rio de Janeiro.

A competição aconteceu na ATDC – Associação de Tiro Duque de Caxias, o maior Clube da Região com mais de 20 Pistas de tiro.

Todos, inclusive a Mergulhinha que vimos de marreta nas mãos, ajudaram e às 09:30 h estávamos colocando os alvos, que vierem em uma caixa da CBTD – Confederação Brasileira de Tiro Defensivo, junto com os blocos das Fichas e Apuração.

Logo, divididos em quatro Squads, os DSO e alguns convidados passaram por todas as provas. No dia seguinte, domingo, os DSO então passariam os Atiradores restantes.

Mergulhão com uma GLOCK, uma arma que se enquadra perfeito nas especificações do Tiro Defensivo (que não aceita armas preparadas para competições, tendo de ser as normais de porte e uso diário), com uma grande legião de fãs.  

Chegando em casa neste sábado, os atiradores terão sua faina de limpeza de armas e dos estojos que são sempre catados para serem recarregados.

Com o monopólio de fabricação de munições no Brasil e os altos preços praticados pelos absurdos impostos, o esporte jamais teria vingado se os esportistas não lançassem mão de estratégias como a Recarga de Munições.

No TIRO DEFENSIVO, as Pistas de cenários reais, tem sempre uma historinha que é passada no Briefing pelo DSO da Pista.

Observe que no Tiro Defensivo, todas as Pistas Cenários, o atirador tem de ter um traje que oculte a arma, como reza a legislação brasileira.

Só em Pistas de Exercícios (Pista 5) o traje de ocultação é dispensado.

 

Continua amanhã, domingo!

 

 

 


 

Joomlashack