O Presidente do Circulo (de Oficiais) Militar da Vila Militar do Rio de Janeiro, Cel Rfm de Cavalaria José Roberto Marques Frazão, expediu convite aos atletas do Departamento de Tiro nos seguintes termos: O Cí­rculo Militar da Vila Militar tem a honra de convidá-lo para a solenidade alusiva aos Laureados do Departamento de Tiro do CMVM. Nessa oportunidade será prestada uma homenagem aos atletas de tiro nas competições internas e externas, nas quais foram defendidas as cores do CMVM.

 

 

 

 

O Presidente do Circulo (de Oficiais) Militar da Vila Militar do Rio de Janeiro, Cel Rfm de Cavalaria José Roberto Marques Frazão, expediu convite aos atletas do Departamento de Tiro nos seguintes termos:

 

O Círculo Militar da Vila Militar tem a honra de convidá-lo para a solenidade alusiva aos Laureados do Departamento de Tiro do CMVM.

 

Nessa oportunidade serão prestadas homenagens aos atletas de tiro nas competições internas e externas, nas quais foram defendidas as cores do CMVM.

 

 

Aconteceu numa terça-feira, dia 10 de fevereiro (2015), às 20:00 horas. Assim que fomos chegando, ainda no Gabinete, fomos brindados com uma canja de um Cel Frazão que ninguém conhecia.

 

 

Dono de uma bela voz, tocando magistralmente seu violão, cantou ecleticamente de MPB a Beatles, e ainda, músicas espanholas de sua autoria.

 

 

Chegou o vice-presidente, Cel Sérgio Eduardo Martins de Oliveira, Comandante (diz-se Diretor) do Parque Regional de Manutenção da 1ª RM e o Tenente Coronel R/1 Celso Sooma Sasaqui, Diretor de Esportes.

 

 

Uma alegria para este Editor foi encontrar entre os convidados, meu antigo Chefe da 4ª Peça da 1ª/1º GACosM dos idos de 1967 a 1969 ou 70, quando eu era ainda um jovem Segundo Tenente imberbe, Comandante da Linha de Fogo.

 

 

Israel já com 76 anos, super em forma e ainda jogando voley, aparenta ser mais jovem do que eu, já com meus 69 anos. Ele é pai de outro Artilheiro, o Tenente André, meu colega na AORE/RJ.

 

Com todos os Atiradores, cada qual carregando o peito coberto de medalhas como solicitado, começou a sessão solene com o Cel Frazão fazendo uso da palavra.

 

Apresentou seus diretores presentes e iniciou com a homenagem a dois associados que receberam seus Diplomas de Remidos, por 25 anos de contribuição ao CMVM, os senhores Marcos Antonio Rodrigues da Rocha, e Hélio Alves Bení­cio.

 

 

Depois homenageou "in memorian" o fundador do TIRO DEFENSIVO e antigo presidente do CMVM, o Cel de Artilharia Sérgio de Carvalho Viga, Diploma que entregou ao seu filho, Moacyr Viga que agradeceu muito emocionado.

 

 

Depois todos os Atiradores laureados, que defenderam o CMVM tanto em certames internos como em competições Estaduais e Nacionais, foram chamados um a um e receberam seus Diplomas das mãos do Vice-presidente, Cel Eduardo e do Diretor de Esportes, TC Sasaqui.

 

 

O Presidente falou das dificuldades que o Tiro vem passando com as obras para as Olimpíadas, tomando boa parte tanto da área do Clube como do CIG (Campo de Instrução de Gericinó) onde ficam nossos estandes e onde serão construídos diversos equipamentos olí­mpicos.

 

 

Ouvimos também as palavras do Atirador Jorge Cunha, o maior responsável pela agregação dos atletas nestes tempos difí­ceis com as obras nos estandes.

 

 

E finalmente, fiz uso da palavra para lembrar a todos os presentes, que a importância do Tiro do CMVM por ser o único praticante da modalidade de TIRO DEFENSIVO (IDSC), vinculado à CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TIRO DEFENSIVO (CBTD), uma vez que todos os demais Clubes de Tiro do Estado, praticam a modalidade de Tiro Prático (IPSC) ou Tiro Esportivo (tiro olí­mpico).

 

 

A cerimônia terminou e boa confraternização de todos os homenageados e a diretoria do Círculo. 

 

 

 


 

Joomlashack