No dia dos namorados, 12 de junho de 2016, atiradores do Tiro Defensivo (IDSC) se dirigiram para a maior academia militar da América Latina, a AMAN.

Situada em Resende e cortada pelo rio Alambari, a Academia Militar das Agulhas Negras por si só já é um destino tirístico. 

 

 

E participar de uma competição de tiro na organizadí­ssima Seção de Tiro da AMAN, um sonho.

Eu e Marcelo Trotti, com as respectivas esposas, pois não as deixarí­amos longe justamente no dia dos namorados, saí­mos do Rio de Janeiro às 06:00 horas e pouco depois das 8, cruzávamos o famosos portão monumental. 

 

O Trotti, conseguira há poucos dias sua Guia de Tráfego e, já com sua arma, conseguiu conquistar duas medalhas...

 

Outros como o André, não tiveram a mesma sorte e, por falta de guias, usaram armas emprestadas o que jamais é o mesmo resultado.

 

 

Na sequencia de fotos do Trotti vemos a Pista 4 que começaa no interior de uma carro (pequeno que eu tive imensa dificuldade em entrar), de onde resolve dois alvos pela janela, salta e resolve o restante da pista.  

 

 

As Pistas, como vemos nas fotos, foram todas desenhadas com o maior esmero. 

 

 

Umas a posição inicial era deitado na cama, arma na cabeceira.

 

 

Outra, como vimos, a bordo de um carro pequeno. 

 

 

A última, um brinco, o Capitão Felipe, idealizador da competição, conseguira colocar um blindado M113, e tí­nhamos 8 segundos para levantar, correr até um soldado "morto", e com a arma dele, engatilhar e resolver a pista...  

 

 

 

A apuração demorou um pouco e tem de ser melhorada. Mas no todo, foi tudo muito bonito e excelente. 

 

 

 


 

Joomlashack